quarta-feira, 30 de abril de 2008

Edmilson critica Duciomar!

Mesmo com a negativa de candidatura, o ex-prefeito aproveitou a ocasião para alfinetar seu possível concorrente na disputa pela Prefeitura de Belém. Ele deu a entender que administrar não é estar preocupado em produzir obras que possam ter como efeito direto a arrecadação de votos e não o bem-estar da população. 'Há prefeitos que acham que Bolsa-escola, Escola Circo, Projeto Sementes do Amanhã e financiamentos para micro e pequenos empreendimentos através de um órgão como o Banco do Povo, por exemplo, é gasto de dinheiro, e não investimento social. Algumas autoridades só se preocupam em realizar obras físicas, porque pensam que elas serão revertidas em votos. Esse tipo de visão infelizmente é o mais comum nos vários níveis de governo no Brasil', destacou.

Ed não quer ser candidato!



'Todos sabem que militei por cerca de 25 anos no PT, acreditando no sonho, na utopia socialista. Infelizmente, o PT abandonou o sonho. Acredito que o PSOL tenta recuperar o sonho de construir um mundo mais justo e feliz. Acredito na tarefa que um partido pode cumprir. Sei que tenho grande contribuição a dar, mas, como profissional, dediquei 16 anos da minha vida a cargos eletivos e isso me trouxe um certo prejuízo, porque acabou congelando a carreira. Nesse sentido, a minha prioridade agora é a conclusão do meu doutorado. É verdade que há uma pressão, sobre a qual eu reflito, mas a minha tendência principal é não dar esperança a esse anseio. Ainda tenho até junho para pensar, mas, se depender de mim, pretendo concluir o meu curso', foi o que disse o ex-prefeito de Belém Edmilson Rodrigues sobre as eleições de 2008

Posse

Os professores Antonio José Matos e Hermes Tupinambá serão empossados hoje como diretor e adjunto do Instituto de Ciências Jurídicas da Universidade.

segunda-feira, 28 de abril de 2008

Em nossa enquete Priante ganharia as eleições

Resultado final da nossa enquete:

Em quem tu votarias em 2008 para Prefeito?

José Priante (PMDB) - 35% votos
Duciomar Costa (PTB) - 23% votos
Edmilson Rodrigues (PSOL) - 19% votos
Valéria Pires Franco (DEM) - 12% votos
Zenaldo Coutinho (PSDB) - 5%
Mario Cardoso (PT) - 2%
Zeca Pirão (PP) - 2% votos
outro - 2% votos

II Congresso de Direito em Salinas


Nada de Sandra Batista

Como vem se falando o Diretório Municipal do PT não quer que a ex-deputada, a combativa Sandra Batista seja a vice de Helder Barbalho em Ananindeua, o nome mais cotado é de Luiz Freitas ex-vereador e atual Secretário de Transportes

PT Ananindeua vota pelo apoio a Helder

Em reunião ontem o PT votou fechar com Helder, desde que os petistas indiquem a vice.

A eleição do DCE da UFPa promete

Até agora são 4 chapas pré-montadas:

1- JDS (Juvevtude ligada a uma tendência do PT) e UJS (Juventude do PCdoB)
2- PSTU,PCR e PSOL
3- JPMDB (Juventude ligada ao PMDB),Juventude Progressista (ligada ao PP),JDT (Ligada ao PDT),JPS (Ligada ao PPS) e a JR8 (ligada ao MR8)
4- DEM-Jovem(Ligada ao Democratas), JPSDB (Ligada ao PSDB)

Agora é Obama!!


sábado, 26 de abril de 2008

Belém 2008

A eleição em Belém vai ser uma das mais difíceis de toda a sua historia pelo que tudo indica.. O blog fez uma leitura rápida do cenário até os dias de hoje.

Duciomar - Prefeito eleito em 2004 graças a maquina estadual que foi a fiel da balança naquele pleito, Dudu ou Prefeito falsário como diz Juvêncio de Arruda, não esta em uma posição tão privilegiada com apenas 18% nas pesquisas vem caindo exacerbadamente e seu nível de rejeição e altíssimo, porem conta com a maquina municipal que não é pouca coisa. O atual administrador tem dificuldades para fazer coligações com outros partidos, pois a maioria reprova sua gestão.

Edmilson - O ex-prefeito traz consigo oito anos de administração e é um nome conhecido em Belém, lidera as pesquisas de intenção de voto mais todos sabem que seu novo partido o PSOL não terá tempo de televisão e nem estrutura para uma eventual eleição para Prefeito. Ed, por saber de tudo isso ainda exibe resistência a aceitar a indicação do partido. Se não for ele o candidato o partido indicará Neide Solimões.

Priante - Ex-vereador, ex-deputado estadual, ex-deputado federal e atual Presidente do PMDB Belém, José Priante foi candidato a Governador do Estado e junto com o Deputado Jader Barbalho impuseram a derrocada tucana e a ascensão do governo de coalizão, Priante venceu a eleição para governo em Santarém (o terceiro maior colégio eleitoral) e teve quase a mesma votação do ex-prefeito Edmilson Rodrigues que governou a cidade por dois mandatos, sendo assim o ex-deputado se credenciou a disputar a Prefeitura da capital paraense como um dos candidatos mais fortes na disputa. Conta com o apoio incondicional da militância do PMDB e tem a simpatia de partidos como PCdoB, PSB, PV e grande parte do PT.

Valéria - A ex-vice-governadora teve quatro anos a frente da vice-governadoria e da Secretaria de Proteção Social, conseguiu fazer com que seu nome seja viável para as eleições de 2008, ainda sim, vem caindo nas pesquisas de intenção de voto, talvez grande parte pela rejeição do seu marido o deputado e Publicitário Vic Pires Franco. Tenta conseguir o apoio do vereador Zeca Pirão pra ser seu vice na disputa.

Zeca Pirão - Vereador, com votação expressiva em Belém para a Assembléia Legislativa em 2006, Zeca aparece como um franco atirador levando na bagagem a oposição ferrenha contra o atual prefeito no qual ele resolveu romper dois anos depois do pleito de 2004. Zeca busca o apoio do PPS de Arnaldo Jordy.

Arnaldo Jordy - ex-militante do MR8 e ex-diretor da UNE, o deputado Estadual é um dos preferidos pelos formadores de opinião por ser coerente com suas idéias, porem Jordy não passa dos 2% nas pesquisas. Jordy tenta apoio do PP de Zeca Pirão.

Mario Cardoso - ex-deputado Estadual e pré-candidato do PT a prefeitura municipal, Mário aparece com apenas 4% nas pesquisas, além de não ter toda a militância do partido do seu lado (Já que o PT não funciona como um centralismo democrático) o candidato fala demais e evita qualquer tipo de aproximação com os partidos da base aliada, dentro do PT dizem que ele é mero figurante nas eleições deste ano e que Lula e Ana Júlia vão mesmo é de Priante.


Belém tem outros pré-candidatos que não aparecem nas pesquisas como Pastor Firmino Gouvêa (PSC), João Moraes (PSL) , Cássio Andrade (PSB) e Newton Miranda (PCdoB).

sexta-feira, 25 de abril de 2008

Resposta do Jornal Hora do Povo a aliança de Quércia com os Tucanos

Quércia anuncia que apoiará Kassab na eleição municipal
Já o prefeito de São Paulo expressou que a sua prioridade é a aliança com o PSDB
O ex-governador Orestes Quércia, presidente do PMDB de São Paulo, anunciou, na última quinta-feira, apoio à candidatura do atual prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (Dem), nas próximas eleições municipais. Kassab, candidato do governador de São Paulo, José Serra (PSDB), havia, no dia anterior, confirmado para a imprensa o apoio de Quércia, manifestando que “eu fico muito feliz, porque [o PMDB] é um partido grande e importante no plano nacional, mas todos sabem que, em primeiro lugar, temos uma aliança com o PSDB e que para nós é desejável que ela continue”.
Em nota emitida por sua assessoria na noite de quarta-feira, comunicando o encontro com Kassab no dia seguinte para selar publicamente o acordo, o ex-governador peemedebista considerou que “na eventual composição do Democratas com o PSDB, se ficar acordado que caberá ao PMDB apresentar o nome do candidato a vice-prefeito na chapa de Kassab, será indicado o nome de Alda Marco Antonio”, mas que tal postulação não é uma condição para o acordo com o DEM e o PSDB. O acordo dará ao ex-governador a garantia de que Serra e Kassab o apoiarão para concorrer a uma vaga no Senado em 2010, com respaldo da aliança demo-tucana.
O PMDB paulista havia, em recente Congresso, realizado no dia 5 de abril, aprovado a aliança com o PT nas eleições deste ano em São Paulo. O presidente estadual do PT, Edinho Silva, prefeito de Araraquara, encetara negociações com Quércia, no sentido de que o PMDB indicasse o candidato a vice-prefeito, e garantiria apoio ao ex-governador em 2010 para senador.
Já no dia 17 de março, o presidente nacional do PT, deputado Ricardo Berzoini, afirmara à imprensa que a candidatura da ministra Marta Suplicy, tendo Quércia como candidato a vice-prefeito, devia ser definida logo. Um dia antes, o presidente do diretório municipal do PT, vereador José Américo Dias, declarara que “estamos dispostos a dar a vice ao PMDB e também sou a favor de apoiar Quércia para o Senado, em 2010”.
Em encontro com Quércia, a ministra Marta Suplicy concordara com a proposta, confirmando seu interesse na coalizão com o PMDB. Também o senador Aloizio Mercadante, que concorrerá à reeleição pelo PT em 2010, concordou que a outra vaga de sua chapa fosse ocupada pelo presidente do PMDB de São Paulo. Avaliando as negociações, o presidente estadual do PT, Edinho Silva, declarou: “não tivemos nenhum problema no encaminhamento”.
As condições eram, portanto, favoráveis a que o PMDB, na capital do Estado de São Paulo, empreendesse a aliança com o PT nas próximas eleições, tal como se verifica nacionalmente, no governo federal e no Congresso, onde os dois partidos são o núcleo da coalizão que apóia o presidente Lula.
Por outro lado, Quércia sempre foi o líder da resistência peemedebista à submissão aos tucanos. Durante os oito anos do desastroso governo de Fernando Henrique, o ex-governador manteve-se na oposição ao neoliberalismo e ao entreguismo, coerente com sua trajetória de identificação com o povo e com as aspirações pelo desenvolvimento nacional - que lhe valeram o ódio e a difamação por parte, precisamente, de tucanos e outros inimigos do país. Aliás, Fernando Henrique e Serra saíram do PMDB para fundar o PSDB acusando Quércia, exatamente em virtude de suas qualidades, que condensavam tudo o que eles queriam apagar do país: uma política econômica de acordo com os interesses nacionais, a vontade de ver o Brasil como uma grande nação, a promoção do bem-estar do povo e, não menos importante, a competência administrativa, qualidade que, para dizer o mínimo, jamais foi o forte dos peessedebistas.
Os méritos de Quércia, desde a época da luta contra a ditadura, quando, então prefeito de Campinas, decidiu enfrentar - e venceu - uma eleição desigual e difícil para o Senado, considerada ganha por antecipação pelo candidato oficial, são inegáveis.
Porém, na quinta-feira Quércia preferiu a aliança com aqueles que historicamente são os inimigos do PMDB e do ideário que durante muito tempo fez deste partido o mais popular do país.

CARLOS LOPES

Se liga no pensamento..

"O PT gosta de ser apoiado mais não gosta de apoiar ninguém". ex-ministro da Casa Civíl José Direceu

quinta-feira, 24 de abril de 2008

Pesquisa para Prefeito de Belém

Nova pesquisa para Prefeito de Belém

Edmilson 28%
Duciomar 18%
Priante 10%
Valéria 8%
Mario Cardoso 4%

Fonte: www.blogdorodrigomoraes.blogspot.com

Viajastes Quercia!

O ex-governador de São Paulo Orestes Quercia (PMDB) fecha aliança com José Serra (PSDB) para reeleição de Gilberto Kassab (DEM) sepultando assim a ideia de candidatura pura do PMDB ou uma possivel aliança com o PT de Marta Suplicy nas eleições deste ano em São Paulo.. Viajô Quercia! O MR8 vai fazer barulho contra essa dobradinha, tenho certeza!

DCE da FAP de cara nova!


o Diretório Central dos Estudantes da Faculdade do Pará está de cara nova! o nome do DCE se chama Ruy Barata em homenagem ao grande cidadão e político paraense.

Se liga no pensamento..

"É durante as fases de maior adversidade que surgem as grandes oportunidades de se fazer o bem a si mesmo e aos outros". (Dalai Lama)

Zeca Pirão deve ser vice da Valéria

Zeca Pirão (PP) anunciou ontem que fará dobradinha com a ex-governadora do Pará Valéria Pires Franco.. ele deve vir de Vice..

Já tem gente dizendo que seria Fiona Prefeita e o ogro Shrek de vice pela semelhança dos dois com o casal do filme..

segunda-feira, 21 de abril de 2008

domingo, 20 de abril de 2008

PMDB terá candidato em Belém

Hoje, na coluna Reporter Diário (Diário do Pará):
O PMDB terá candidato próprio a prefeito de Belém e esse candidato será o deputado federal José Priante. O anúncio, feito ontem pelo presidente regional do PMDB, deputado federal Jader Barbalho, ocorreu um dia depois do PT anunciar que lançará oficialmente a candidatura do ex-secretário Mário Cardoso no dia 28 de maio.
“Politicamente, o PMDB nasceu muito antes do PT”, ironizou Barbalho os acenos da deputada Regina Barata e de Cardoso à reedição na capital da dobradinha que elegeu a governadora Ana Júlia em 2006. “O segundo turno será outra eleição”, afirmou o líder do PMDB, ao sepultar negociação preferencial com o PT em Belém.
HostilBarbalho considerou inabilidade política inaceitável o ataque disparado na sexta-feira pelo ex-secretário Mário Cardoso contra o deputado José Priante. “Quem pretende negociar não precede a negociação com hostilidades”, ensinou Barbalho, ao descartar a composição com o PT.
Priante, segundo o líder do PMDB, levará para a corrida sucessória em Belém o capital eleitoral acumulado na última eleição para o governo estadual e, em torno dele, apoio incondicional e empenho redobrado de seu partido.
Manifestação isoladaO deputado federal Paulo Rocha telefonou ontem ao ex-deputado José Priante, pré-candidato do PMDB a prefeito de Belém, pedindo que o mesmo interpretasse as manifestações de Cardoso como ponto de vista isolado, já que a maioria do PT, segundo Rocha, mantém o interesse de estar junto com o PMDB nas próximas eleições em Belém.
Paulo Rocha e Maria do Carmo, candidata do partido à reeleição à Prefeitura de Santarém, são os líderes da corrente petista do Professor Mário.


Fonte: www.jesocarneiro.com

quinta-feira, 17 de abril de 2008

Caso Novelino

O julgamento do mandante Chico Ferreira foi adiado e não será mais amanhã

12 anos de impunidade

12 anos do Massacre de Carajás e o ex-governador Almir Gabriel nunca sentou no banco dos réus! Uma vergonha heim?

O meu favorito no Rio

Todos sabem que o meu partido é o PMDB, porem o partido em alguns estados não defende a nossa cartilha e sim o fisiologismo exacerbado. Veja o Rio de Janeiro como exemplo o Governador Sérgio Cabral quer lançar o Eduardo Paes (ex-tucano neoliberal) e o Presidente Regional do Partido e ex-governador Anthony Garotinho defende a aliança com o Prefeito da Dengue César Maia que já foi do PCB e durante anos comungou na cartilha Brizolista assim como o próprio Garotinho que depois de ganhar as eleições para governo do Rio deu um chute na bunda do velho Briza. Este é só mais um de muitos casos que o fisiologismo reina. Enfim se votasse no Rio de Janeiro meu voto seria no Fernando Gabeira!

terça-feira, 15 de abril de 2008

segunda-feira, 14 de abril de 2008

Assembléia Estudantil

Entidades estudantis lideradas pela UNE, UAP e DCE/UEPA lanaçaram a palavra de ordempor :
NOVAS ELEIÇÕES NA UEPA
PARIDADE NO CONSUN
AUDITORIA NA UEPA
Amanhã será realizada uma assembléia Estudantil convocada pelo DCE.18:00 (ccse)

Estudantes da UnB mostram a força do Movimento Estudantil

Estudantes da UnB mostram sua força. O Reitor da Universidade renuncia ao cargo

sábado, 12 de abril de 2008

Diversidade Sexual


A secretária estadual de Educação, Iracy Gallo, tomou uma medida polêmica durante a abertura da I Conferência Estadual GLBT: assinou portaria dando a travestis o direito de se registrarem, no ato da matrícula nas escolas estaduais, com o 'nome de guerra'. Todas as escolas da rede pública estadual serão obrigadas a aceitar alunos gays com os nomes que eles usam dentro do movimento homossexual.


------------------------------------------------------------------------------------


Parabéns a Secretária!! Por livre orientação sexual, contra a homofobia! O Movimento GLBTT conta com o apoio da Juventude por um país de igualdades

Apoiado

Ex-ministro José Dirceu, diz em seu blog que o país precisa é de 'fidelidade partidária; voto em lista; financiamento público de campanha; regulamentação do fundo e do horário partidários na TV e no rádio; acabar com a permissão para coligação proporcional; instituir a cláusula de barreira; reduzir à metade o mandato de 8 anos do senador e extinguir o seu suplente'.

sexta-feira, 11 de abril de 2008

JR8 realiza congresso!

A Juventude Revolucionária 8 de Outubro (JR8) realizou, na terça-feira (8), a abertura do seu V Encontro Nacional, que acontece até o dia 11 na cidade de Praia Grande, Estado de São Paulo, e reúne lideranças juvenis de todo o país.
“O V Encontro Nacional da JR8 se realiza num momento histórico e de muita importância para a juventude e o povo brasileiro. Estamos consolidando e aprofundando as mudanças para o Brasil crescer e gerar uma perspectiva de futuro para a juventude”, afirmou Márcio Cabreira, coordenador nacional da JR8.
Na abertura do encontro os jovens homenagearam duas grandes lideranças da história da organização, o secretário-geral do Movimento Revolucionário 8 de Outubro (MR8), Cláudio Campos, falecido há três anos, e Antônio Alves, fundador da JR8 e o principal incentivador da construção da organização juvenil, falecido no início da década de 90.
Carlos Ramiro, Carlão, presidente da Apeoesp, destacou a importância da “unidade consolidada entre a JR8 e a Apeoesp na batalha pela Educação em São Paulo”. Carlão afirmou para os jovens que “estamos no momento de sairmos da resistência que vivíamos há alguns anos e construirmos uma nova alternativa”.
O secretário-geral da Juventude Nacional do PMDB e presidente da JPMDB do Rio Grande do Sul, Gabriel Souza, destacou a importância da construção da unidade nacional da JPMDB a partir da atuação da JR8 e afirmou estar “muito satisfeito em participar do V Encontro Nacional da JR8, organização aprendi admirar e a respeitar”.
O secretário de organização do MR8, Miguel Manso, resgatou a história da luta do homem pela liberdade e a importância da vida coletiva. Estiveram presentes na mesa de abertura do evento Pedro Campos, secretário de organização da JR8; Michelle Bressan, presidente da UMES/SP e vice-presidente da UBES; Rosanita Campos, do secretariado nacional do MR8 e Susana Lischinsky, membro do Comitê Central do MR8.

quinta-feira, 10 de abril de 2008

Troca-Troca

Quem vai assumir a Casa Civil é o Ex-Segov Claudio Puty e nao o Dirigente da Democracia Socialista como noticiado antes

Casa Civil

Segundo fontes quem deve assumir a Casa Civil é
JOAQUIM SORIANO dirigente da Democracia Socialista..

Seffer de que lado você samba?

O Deputado Estadual Seffer (DEM) afirma que no Pará não existe trabalho escravo..

Chefe da Casa Civil deve deixar o Governo

O Chefe da Casa Civil do Estado do Pará Charles Alcantara deve entregar o posto a Governadora Ana Júlia Carepa

sexta-feira, 4 de abril de 2008

Para refletir..

Mundo Virtual

Entrei apressado e com muita fome no restaurante.
Escolhi uma mesa bem afastada do movimento, pois queria aproveitaros poucos minutos de que dispunha naquele dia atribulado para comer econsertar alguns bugs de programação de um sistema que estavadesenvolvendo, além de planejar minha viagem de férias, que há temposnão sei o que são.
Pedi um filé de salmão com alcaparras na manteiga,uma salada e umsuco de laranja, pois afinal de contas fome é fome, mas regime éregime, né?
Abri meu notebook e levei um susto com aquela voz baixinha atrás de mim:
-Tio, dá um trocado?
- Não tenho, menino.
- Só uma moedinha para comprar um pão.
- Está bem, compro um para você.
Para variar, minha caixa de entrada estava lotada de e-mails.
Fico distraído vendo poesias, as formatações lindas, dando risadas com as piadas malucas.
Ah! Essa música me leva a Londres e a boas lembranças de tempos idos.
- Tio, pede para colocar margarina e queijo também?
Percebo que o menino tinha ficado ali.
- OK, mas depois me deixe trabalhar, pois estou muito ocupado, tá?
Chega a minha refeição e junto com ela o meu constrangimento.
Faço o pedido do menino, e o garçom me pergunta se quero que mande ogaroto ir. Meus resquícios de consciência me impedem de dizer. Digo que está tudo bem.
- Deixe-o ficar. Traga o pão e mais uma refeição decente para ele.
Então o menino se sentou à minha frente e perguntou:
- Tio, o que está fazendo?
- Estou lendo uns e-mails.
- O que são e-mails?
- São mensagens eletrônicas mandadas por pessoas via Internet.
Sabia que ele não iria entender nada, mas a título de livrar-me de maiores questionários disse:
- É como se fosse uma carta, só que via Internet.
- Tio, você tem Internet?
- Tenho sim, é essencial no mundo de hoje.
- O que é Internet, tio?
- É um local no computador onde podemos ver e ouvir muitascoisas, notícias, músicas, conhecer pessoas, ler, escrever, sonhar, trabalhar, aprender. Tem tudo no mundo virtual.
- E o que é virtual, tio?
Resolvo dar uma explicação simplificada, novamente na certeza que ele pouco vai entender e vai me liberar para comer minharefeição, sem culpas.
- Virtual é um local que imaginamos, algo que não podemos pegar, tocar. É lá que criamos um monte de coisas que gostaríamos de fazer. Criamos nossas fantasias, transformamos o mundo em quase como queríamos que fosse.
- Legal isso. Gostei!
- Mocinho, você entendeu o que é virtual?
- Sim, tio, eu também vivo neste mundo virtual.
- Você tem computador?
- Não, mas meu mundo também é desse jeito... Virtual. Minha mãe fica todo dia fora, só chega muito tarde, quase não a vejo. Eu fico cuidando do meu irmão pequeno que vive chorando de fome, e eu dou água para ele pensar que é sopa. Minha irmã mais velha sai todo dia, diz que vai vender o corpo, mas eu não entendo, pois ela sempre volta com o corpo. Meu pai está na cadeia há muito tempo. Mas sempre imagino nossa família toda junta em casa, muita comida muitos brinquedos de Natal, e eu indo ao colégio para virar médico um dia. Isto não é virtual, tio?
Fechei meu notebook, não antes que as lágrimas caíssem sobre o teclado.
Esperei que o menino terminasse de literalmente 'devorar' o prato dele, paguei a conta e dei o troco para o garoto, que me retribuiu com um dos mais belos e sinceros sorrisos que eu já recebi na vida, e com um 'Brigado tio, você é legal!'.
Ali, naquele instante, tive a maior prova do virtualismo insensato em que vivemos todos os dias, enquanto a realidade cruel rodeia de verdade, e fazemos de conta que não percebemos!
Autor desconhecido

A juventude construindo uma utopia possível

Companheiros, ao passar mais um ano, vejo-nos em um grande dilema. De que maneira podemos contribuir de forma mais efetiva na política do nosso município, estado e país? Voltamos às décadas de 70/80 e enxergamos jovens que sacudiam o Brasil pelo resgate da democracia. Um movimento estudantil muitas vezes clandestino, porém, suprapartidário e representativo. Naquela época a UNE era, sem sombra de duvidas, “a nossa força e a nossa voz”.Hoje vemos um movimento estudantil extremamente fragmentado devido ao emparelhamento da UNE a alguns partidos da pseudo-esquerda. Vemos um país onde os jovens têm horror à política e aos políticos em detrimento das séries de escândalos do Congresso e de uma mídia golpista que influencia grande parte da população.É realmente lamentável. Talvez por ver tudo isso muitas vezes pensei em desistir da luta ao achar que nada mudaria o Brasil e o modo de fazer política da juventude que esta viciada em um sistema político arcaico e sem escrúpulos.Mas hoje vejo uma luz no fim do túnel. O movimento estudantil é muito importante para o crescimento e o acumulo político, porem, é hora de voarmos mais alto. É hora da juventude se levantar contra as velhas oligarquias políticas. É hora de reinventar o jeito de fazer política, construindo juntos uma nova alternativa para o povo brasileiro. Por isso, conclamo a todos os companheiros da Juventude do PMDB espalhados pelos quatro cantos do Brasil a não ficarmos como atores coadjuvantes nas eleições de 2008. Precisamos ser protagonistas da nossa própria historia, construindo uma alternativa ideológica que se contraponha à velha política suja que assola o nosso país. É hora de lançar candidaturas próprias da juventude, de colocar a mochila nas costas, arregaçar as mangas e debater de igual pra igual com a galera. A JPMDB tem que mostrar a sua cara e para que veio! Vamos juntos construir o novo Brasil!

Igor Normando é Presidente da JPMDB - Belém/PaVice-presidente da União Acadêmica Paraense
Coordenador Geral do DCE - FAP

Fonte: http://www.jpmdb.com.br