sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Tem dias..


Tem dias em que a gente acorda achando o céu mais azul, prestamos atenção na textura do pingo d'água que cai no vidro do carro..
--
Tem dias que se consegue ver a beleza do verde das Mangueiras, que se percebe o sorriso acanhado de canto de boca daquela pessoa especial..

Tem dias que um abraço vale mais que mil palavras, que encontrar um velho amigo significa entender que o tempo, bom, o tempo não passou, só a forma de conjugar..

Tem dias que conseguimos perceber que uma derrota no fundo é uma forma de amadurecimento, você irá entender quem nem a vitória e nem a derrota serão eternas..

Tem dias que percebemos que cada pessoa que amamos, leva um pouco do amor que a gente deu e entendemos que fomos especiais para aquelas pessoas em um determinado momento e essa foi a missão que nos foi dada.

Tem dias que a gente tem medo, medo do futuro, medo por não saber o que quer da vida, medo de não ser feliz, medo de não ter dinheiro, isso é extremamente normal, as pessoas mais interessantes que conhecemos passaram pelas mesmas angustias, o que nos torna imprescindíveis é como agimos diante das dificuldades, por isso, viva intensamente, chore, cante, grite e acima de tudo, perceba o mundo lindo ao seu redor, pois, quando menos se esperar estaremos todos em um sofá fazendo palavras cruzadas, rodeado de netos.. Acredite, o tempo passa..

quinta-feira, 18 de novembro de 2010

Reflexão aos Partidos Políticos




É hora de fazer uma profunda reflexão sobre o que querem os partidos políticos, uma bandeira partidária serve para aglutinar pessoas com um pensamento em comum, um programa, um rumo. O que ocorre em grandes siglas partidárias, até mesmo, as de Esquerda que são famosas por serem “radicais” é que os Programas estão sendo cada vez mais trocados pelo “Pragmatismo fisiológico” que deixa de lado os ideais coletivos e colocam a frente os interesses pessoais de uma pequena minoria.


É preciso entender que na estrutura social, nós, os idealistas precisamos primar por uma sociedade mais justa e igualitária, acredito que devemos parar com a idéia de que subir os degraus do edifício é a forma de chegar ao poder e construir a mudança, os grandes revolucionários devem se juntar aos intelectuais, operários, estudantes e muitos outros valorosos seres para que juntos possam sacudir a estrutura do edifício, fazendo com que o homem seja respeitado como um individuo coletivo.

Os partidos políticos tem que investir na militância, na formação política, na doutrina e principalmente na renovação de quadros.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

PMDB pede novas Eleições para o Senado

Como já havia sido adiantado aqui, o PMDB protocolou, ontem, no TRE-PA, pedido de anulação da eleição para o Senado no Pará.
Alega o PMDB, através do advogado Sábato Rossetti, que o pleito teve 56,83% dos votos nulos, que é a soma dos votos obtidos por Jader Barbalho (PMDB) e Paulo Rocha (PT), cujos registros se encontram ainda em fase de recurso, no Supremo Tribunal Federal.
Requer ainda o PMDB, com base na resolução n° 23.218 do TSE, que o TRE-PA suspenda a proclamação de Flexa Ribeiro e Marinor Brito.
A resolução citada determina que não serão proclamados ou diplomados candidatos em pleito majoritário, enquanto houver recursos pendentes que possam mudar o resultado do pleito: o STF sequer julgou o caso Paulo Rocha e ainda não publicou o acórdão do recurso de Jader Barbalho, para que seus advogados possam opor embargos à decisão.

Fonte: www.Parsifal.org

terça-feira, 16 de novembro de 2010

A Juventude e os desafios do Governo Jatene

Acaba um governo e entra outro, acontece à transição. Ana Júlia tinha seu modo de tratar a Juventude, Simão Jatene quando administrou o estado impôs a sua marca. É certo de que muito se avançou até aqui, com falhas e acertos, é preciso que se tenha a compreensão de que muito ainda tem que ser feito, o Governo Federal investiu massiçamente nos Programas direcionados a Juventude, inclusive criando a Secretária Nacional de Juventude onde abriga programas como Pro jovem, Pronaf Jovem, Proeja, Programa Juventude e Meio Ambiente e muitos outros.
---
A exemplo do Brasil, alguns estados como o de Tocantins, Maranhão, Paraná e Amazonas já investem em PPJ’s (Política Públicas de Juventude) com a criação de Órgãos de cooperação ao Governo diretamente ligados a Juventude, como as Coordenações Estaduais e Secretárias especificas, com orçamento próprio e com condições logísticas, técnicas e administrativas. É preciso tratar o tema com responsabilidade e coerência, a Juventude tem que ser tratada como prioridade pelo Governo.
--
A Juventude do PMDB – Pará colaborou com a Plataforma “Sou Jovem” criada em debates com militantes e com a sociedade civil organizada que a priori foi incorporado pelo candidato do PMDB ao Governo, Deputado Domingos Juvenil e que posteriormente, de forma democrática, foi entregue ao Ex-governador Simão Jatene em um evento realizado na Quadra da Escola de Samba “Quem São Eles”, no Programa que fora elaborado com a Juventude em parceira com diversos gestores de PPJ’s pelo Brasil, mostramos a viabilidade orçamentária da Secretária Estadual de Juventude, Programas Federais e um histórico dos últimos dez anos da Gestão de Juventude no Pará.
---
Quem quiser baixar o programa é só clicar AQUI
---

domingo, 14 de novembro de 2010

A Juventue e o Filme "Tropa de Elite 2"

Vi o "Tropa de Elite 2" hoje, muito bom o filme e retrata, em partes, o sistema brasileiro.. Não é segredo pra ninguém o meu envolvimento político, e, como jovem idealista e estudante de Direito, acredito que a Política (não todos os políticos) só é do jeito que é por que o Judiciário (existes exceções) é corrupto, se aquele que julga todos os cidadãos de forma igual é corrompivél e age de acordo com interesses próprios o que esperar dos empresários fraudulentos, fazendeiros assassinos, traficantes, políticos sujos e outros corruptos? Cabe a nossa geração mudar todo o sistema.. seja do Judiciário ao Político, e acredite, não é se abstendo de votar ou repetindo o que os amigos falam (escutam dos pais) ou o que você leu ou ouviu em um meio de comunicação tendencioso que irá mudar a nossa realidade.. O nosso papel é participar da mudança como protagonistas e não como observadores..