sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

A maré de azar de Ciro Gomes

O sonho do ex-ministro Ciro Gomes sempre foi ser o candidato de Lula a Presidência da Republica, Dilma veio como quem não quer nada comendo o mingau pelas beiradas e acabou sendo indicada do ex-metaruligco ao maior cargo político do país. Ciro teve que engolir a seco e acabou apoiando Dilma no segundo turno.

Por seu apoio a Dilma, Ciro Gomes esperava ser recompensado sendo nomeado Presidente da Petrobras, o que não ocorreu e o mesmo acabou se contentando em voltar a ser Ministro de Integração Nacional, o problema é que a Presidenta eleita já tinha se comprometido que o nome seria indicado do Governador de Pernambuco, Eduardo Campos. Ciro ficou a ver navios de novo.

Agora como se não bastasse seu irmão, o Governador do Ceará, Cid Gomes, estar sendo acusado pelo Procurador Eleitoral do Estado por receber doação ilegal no período de campanha, o ex-ministro tem que ver sua mulher, a atriz Patrícia Pilar, ser cortejada pelo italiano Totó (personagem de Toni Ramos na novela das oito). Será maré de azar? Ou ainda vem mais “noticias boas” por aí? Dizem que o Maximo que ele irá conseguir é voltar a administrar o Beach Park..

2 comentários:

Alcides Oliveira, disse...

Sentindo falta de você por aqui meu líder.. O que tá acontecendo?
Vamos atualizar!!! hehehehe
Abraços

Alcides Oliveira
Presidente JPMDB Bragança/Pa

Anônimo disse...

Vejamos como são as coisas. O Pará é imenso e todos cheio de carência. Porém, Belém e área metropolitana, em relação as demais, nem pode se queixar de falta de vaga pública para fazer curso tecnológico ou superior. Só na UFPa, como no ano passado, sobraram mais de mil, que foram preenchidas depois com uma provinha de marcar, uma verdadeira babada. Porém, veja só essa notícia: http://edilzafontes.blogspot.com/2011/12/ifpa-de-ananindeua.html. Estão inaugurando mais um IFPA em Ananindeua, onde ainda será construída mais um UEPA e mais uma UFPA. O que esses dizes é uma coisa só: que os demais se lasquem.